É do crescimento ó Teixeira!!!


Inflação homóloga aumentou em Março para 3,1 por cento

Os produtos alimentares e bebidas, bem como os combustíveis, continuam a ser determinantes no agravamento da inflação.

A taxa de inflação homóloga de Março subiu para 3,1 por cento, duas décimas de ponto em relação aos 2,9 por cento apurados no mês precedente. A inflação média dos últimos doze meses, medida de referência para o aumento salariais da função pública, continua em ascensão e aumentou uma décima em Março, face a Fevereiro, para 2,6 por cento.

Na variação mensal, os preços dos bens e serviços subiram 1,5 por cento entre Fevereiro e Março deste ano, assinala hoje o Instituto Naconal de Estatística (INE), contra uma variação nula no mês anterior.

Para a formação da taxa de variação homóloga, as contribuições positivas mais significativas foram dadas pelos produtos alimentares e bebidas não alcoólicas, os transportes, a habitação, água, electricidade, gás e outros combustíveis e no lazer, recreação e cultura.

Na variação mensal, as principais contribuições do índice de preços no consumidor veio dos artigos de vestuário, calçado e combustíveis e lubrificantes para equipamento para transporte pessoal.

De acordo com a última informação disponível para os países membros da Zona Euro relativa a Fevereiro de 2008, o IHPC português registou a segunda menor taxa de variação homóloga (2,9 por cento), a par com a Alemanha. O valor médio da Zona Euro é de 3,3 por cento.

O índice harmonizado de preços no consumidor apresentou entre Fevereiro e Março de 2008 uma variação de 1,5 por cento, duas décimas de ponto percentual superior à observada no período homólogo.

A variação média dos últimos 12 meses aumentou para 2,6 por cento (2,5 por cento em Fevereiro).

Artigo daqui e imagem daqui

Etiquetas:

0 bitaite(s) sobre “É do crescimento ó Teixeira!!!”

Enviar um comentário

Procura aí

Esbloga-mos fm

Estão a esblogar

Já esblogaram



XML

Get Firefox!
 Use OpenOffice.org
Get Amsn!